Economia Política da Intervenção Urbana: Arrecadação, Renovação e Política Partidária

Coordenadores/Principal Investigator: 
Financiamento/Funding: 

FAPESP GVPesquisa

Resumo/Abstract: 

Esta pesquisa procura analisar do ponto de vista econômico aspectos fundamentais das políticas públicas dos governos municipais brasileiros: arrecadação própria, renovação urbana e a relação entre os recursos recebidos pelos municípios e as eleições de deputados. Estes aspectos foram pouco tratados na literatura econômica brasileira e esta pesquisa pretende preencher esta lacuna. Com isto pretende-se criar na FGV-SP um braço do Centro de Estudos da Metrópole (CEM) procurando avaliar políticas públicas sob uma perspectiva distinta das demais pesquisas atualmente em curso no CEM. Há dois grandes objetivos: compreender o impacto da intervenção urbana e utilizar a intervenção urbana como um laboratório para compreender como os indivíduos respondem a mudanças na economia e no ambiente urbano. Os blocos pretendem analisar especificamente a concentração do emprego e da renda entre as regiões metropolitanas; o impacto da intervenção na distribuição espacial do emprego e da renda dentro da zona metropolitana; aspectos do zoneamento e da política fiscal local; a economia política dos gastos locais e; montar um modelo de equilíbrio geral computável para analise de intervenções urbanas.

Ano de Conclusão/Year of Conclusion: 
2008
Pesquisadores principais: 
Assistentes de pesquisa: 
Co-assistentes de pesquisa: 

 Guilherme F. Lichand

Ver as publicações desta pesquisa